D.O.M, do Alex Atala, é o sétimo do mundo

Da Revista Gosto

O UM DO PAÍS É O SÉTIMO DO MUNDO. O restaurante do chef número um do país, o D.O.M. (ou, em latim, Deo Optimo Maximo, que significa “Deus é Ótimo e Máximo”), surge na sétima posição da lista dos Top 100 da revista inglesa Restaurant. O anúncio feito nesta segunda, 18 de abril, em Londres. O resultado conquistado por Alex Atala representa um salto de 11 posições em relação à lista de 2010 e deixa novamente o D.O.M. na posição de melhor restaurante da América Latina. O restaurante de Atala, por sinal, figura no ranking da publicação desde 2006, quando apareceu na 50ª posição. Na lista deste anos outras duas casas paulistanas se classificaram: o Fasano, do restaurateur Rogério Fasano, na 59ª posição, e o Maní, dos chefs Helena Rizzo e Daniel Redondo, na 74ª. No topo da lista, manteve-se o restaurante dinamarquês Noma, do chef René Redzepi, seguido dos espanhóis El Celler de Can Roca, do chef Joan Roca, e Mugaritz, do chef Andoni Luis Aduriz. Ferran Adrià, que em 2010 recebeu nessa mesma premiação o reconhecimento de melhor chef da década, ficou de fora da lista. Ele fecha as portas de seu restaurante, o El Bulli, em julho.

Anúncios
Esse post foi publicado em Gerais e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s