Arroz negro

De folga nesta terça! Fui ao mercado absolutamente sem saber o que fazer para o jantar. Passando pelo açougue vi uma bisteca que estava bem bonita. A proteína já estava escolhida. Depois, no setor de hortifruti, vi um maço de espinafre que também me chamou atenção. Como a folga não é dia de ficar hoooooras na cozinha, me restringi à bisteca grelhada e arroz com espinafre. Mas daí passei pelas maçãs e trouxe para acompanhamento.

Fui procurar o Paulo pra gente ir embora e vi uma série de pacotinhos de arroz diferentes, da marca Namorado,  que leva o nome do chef Olivier Anquier. Ainda não tinha visto nos mercados que frequento. Me interessei por um mix para receitas do Mediterrâneo, mas logo mudei de idéia quando vi logo abaixo uma caixinha de arroz negro. Faz bastante tempo que queria experimentar. No final das contas, não desisti de nada que tinha colocado na cesta do mercado. E o menu foi bisteca grelhada ao molho de vinho tinto, acompanhada de arroz negro com espinafre. Para dar um charme, maçãs  caramelizadas.  Anote aí!

Arroz negro com espinafre (receita da embalagem)

1 xícara de arroz negro

2 dentes de alho

1/2  cebola picada

1 colher de sopa de azeite de oliva

2  1/2 xícaras de água

sal a gosto

1/2 maço de espinafre

10 tomates cereja partidos ao meio

Refogue o alho e a cebola em uma panela de pressão, em seguida o arroz. Coloque  água e tampe a panela. Depois que pegar pressão, deixe cozinhar por 25 minutos, em fogo baixo. Reserve. Lave as folhas de espinafre e seque. Misture o espinafre e os tomates ao arroz, sem refogar para que as folhas não murchem. Acerte o tempero.

Bisteca grelhada ao molho de vinho tinto

1/2 quilo de bisteca

suco de um limão

2 ramos de alecrim fresco

sal e pimenta do reino moída na hora a gosto

azeite para grelhar

Molho

1 xícara de vinho tinto

1 colher de sopa de demi glace em pasta

sal e pimenta do reino a gosto.

Tempere a carne com o sal, a pimenta do reino e algumas gotas de limão. Retire as folhas do alecrim e coloque em meio às bistecas e deixe descansar por pelo menos 20 minutos. Aqueça bem uma frigideira e grelhe a carne.

Aproveite a frigideira onde a carne foi grelhada e coloque o vinho tinto. Isso vai fazer com que a crosta que se formou depois da carne grelhada se solte – esse processo se chama deglaçage. Essa crosta diluída é o que vai diferenciar o sabor do molho. Deixe o vinho reduzir pela metade e acrescente o demi glace. Deixe ferver mais um pouco e desligue. Coe o molho por conta das folhas de alecrim que vão ficar na frigideira.

Maçã caramelizada

1 maçã cortada em gomos médios a finos

açúcar para envolver os gomos

Passe os gomos de maçã, dos dois lados, pelo açúcar e grelhe em uma frigideira bem quente, com umas gotas de azeite. Depois que um lado estiver dourado, vire e grelhe do outro lado.

Monte o prato com o arroz negro, a bisteca e as maçãs e sirva na hora.

Anúncios
Esse post foi publicado em Insumos, Menu e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Arroz negro

  1. Bianca disse:

    Hummmm, parece delicioso.
    Sempre que vou ao mercado vejo esse arroz na prateleira, mas confesso que nunca tive “coragem” de comprar. Achava que iria dar errado. Só que agora vc inspirou minha coragem….rs
    Obrigada, Aline

    bjbjbj

    • Aline Tomaz disse:

      Bianca, vale a pena. O Paulo nem viu muita diferença, porque fiz com bastante tempero, que adoro! Mas dá pra perceber umas notas acastanhadas e a textura dele também é diferente. Para mim, ele é al dente por fora, mas macio por dentro. Eu gostei e recomendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s